Programa social de moda e empreendedorismo capacita moradores da comunidade Verdes Mares

 Programa social de moda e empreendedorismo capacita moradores da comunidade Verdes Mares

Transformar vidas! Esse é o principal objetivo dos Programas de Direito, Moda e empreendedorismo, desenvolvidos por professores e estudantes dos cursos do Centro Universitário Farias Brito. São focados na Comunidade Verdes Mares.

O projeto social da Moda fez a opção de trabalhar com mulheres devido à configuração familiar identificada na comunidade, como também, fundamentado pelas teorias e ações de diversos órgãos mundiais que trabalham em prol do desenvolvimento humano. Dentre eles, o 5º Objetivo de desenvolvimento sustentável na ONU, que se baseia na igualdade de gênero.

“Buscar o empoderamento dessas mulheres enquanto agentes de mudança e sua libertação de um ciclo de pobreza por meio da profissionalização e consequente geração de renda é nosso principal objetivo”, afirma Rafaelle Moura (coordenadora do curso de Moda).

Estudantes e professores mapearam, junto com o líder da comunidade, as maiores deficiências e necessidades dessas mulheres. Depois foi feita uma divulgação pelas redes sociais da comunidade e também divulgação porta a porta.

Depois da divulgação, os moradores fizeram uma pré-incrição para participar dos Programas de Moda e Empreendedorismo.

O programa acontece no Centro Universitário Farias Brito, com capacitação realizada por alunos e professores. Essa turma deve ir até o fim do ano, quando serão abertas vagas para novas turmas.
Atualmente 20 mulheres participam do programa de moda e 10 microempreendedores estão no programa de empreendedorismo. Além disso, os professores realizam visitas até a comunidade verdes mares para conhecer mais o negócio dos participantes do programa, para fazer uma orientação mais focada e personalizada.

Além desses dois projetos, a comunidade ainda recebe suporte do curso de Direito cujo objetivo conscientizar a população a respeito das leis vigentes e suas aplicações, contribuindo para a capacidade de reconhecer o que lhe é de direito e fortalecendo seu empoderamento enquanto cidadão pertencente à sociedade, bem como, fomentar ações e atividades de acessibilidade jurídica e social para comunidade beneficiada.

Postagens relacionadas

Font Resize
Contrast