Programa ‘Escola do Turismo’ oferece aulas de inglês para servidores da Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza

 Programa ‘Escola do Turismo’ oferece aulas de inglês para servidores da Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza

Parceria com a Escola de Educação Internacional espera capacitar colaboradores ao bilinguismo

A Secretaria Municipal de Fortaleza, por meio do Programa ‘Escola do Turismo’, acaba de lançar uma oportunidade de capacitação bilíngue para seus colaboradores. A iniciativa é fruto de uma parceria com a escola GLED International Education com o objetivo de melhorar o atendimento aos turistas internacionais que chegam à cidade diariamente.

Segundo dados da Anac – Agência Nacional de Aviação Civil – 2,26% do total de passageiros internacionais pousaram no Aeroporto Internacional de Fortaleza, somente em 2019, o que coloca a cidade como a primeira mais procurada por estrangeiros da região nordeste e a quinta do país.

Para Cláudio Gomes de Lima, Secretário Executivo, um programa de capacitação como este chega para contribuir com o desenvolvimento profissional e pessoal dos colaboradores, diminuindo o déficit que existe na comunicação entre o trade turístico e os visitantes internacionais.

“Essa parceria educacional é fundamental para o turismo de Fortaleza já que, atualmente, apenas 20% da população fala o inglês fluentemente, e, por outro lado, 80% dos turistas estrangeiros não falam o português. Então, pra nós, capacitar nossos colaboradores é investir para diminuir essa lacuna e melhorar nosso atendimento internacional”, explicou Cláudio.

O programa, que tem como base a inovação no processo de aprendizagem do inglês, acontece totalmente online através de uma plataforma digital inteligente, onde os 33 alunos, que aderiram ao curso, foram divididos em quatro turmas de acordo com o nível de conhecimento e serão acompanhados constantemente por seus professores até dezembro, quando o programa se encerra.

A tecnologia empregada neste tipo de ensino conta com aplicativos e ferramentas que aplicam conceitos de inteligência artificial, um processo que

vem se tornando uma necessidade dos tempos atuais, tanto para facilitar como para aprimorar a educação internacional, desenvolvendo a autonomia do aluno que pode escolher quanto tempo por dia dedicará aos estudos. Segundo a metodologia da GLED, cerca de 30 minutos por dia são suficientes para se tornar fluente no inglês, num período que varia até trinta meses, de acordo com o ritmo de aprendizagem individual.

“Parcerias como esta realizam nosso propósito de contribuir para o avanço da educação internacional no Brasil, oferecendo o que há de melhor no mercado com ferramentas de Inteligência Artificial, Módulos de Reconhecimento de Voz e Sistemas de Gamificação”, ressaltou Mario Aguilar, CEO da GLED International Education.

Postagens relacionadas

Font Resize