CUFA lança campanha com clubes de futebol para arrecadar alimentos para as Mães da Favela

 CUFA lança campanha com clubes de futebol para arrecadar alimentos para as Mães da Favela

No Ceará, a ação acontece com os times Fortaleza, Ceará, Ferroviário e Atlético Cearense

A Central Única das Favelas (CUFA) decidiu unir forças com a Comunidade Door, a Frente Nacional Antirracista e clubes de futebol por todo o país para lançar a campanha Mães da Favela Futebol Clube. Para realizar o projeto, parcerias estão sendo fechadas com os clubes de todos os estados e de todas as divisões. No Ceará, a iniciativa conta com o apoio dos times Fortaleza, Ceará, Ferroviário e Atlético Cearense. A parceria tem a finalidade de arrecadar em cada Estado cerca de 350 toneladas de alimentos, dos dias 21 a 26 de junho, totalizando 12 mil toneladas de doações, o equivalente a 100 milhões de reais.

Segundo Preto Zezé, presidente Nacional da CUFA, a ideia da campanha é trazer a força das torcidas para ajudar a quem precisa. “Nossa ideia é usar a união dos clubes para um bem maior. Nesse jogo de torcida única, somos todos do mesmo time: o da solidariedade. E aqui todos podem jogar para apoiar as Mães da Favela. A única rival é a fome”, relata. O projeto conta ainda com o apoio da Federação Cearense de Futebol e da Secretaria do Esporte e Juventude do Ceará.

Além dos alimentos, a CUFA Ceará disponibilizará 3 mil máscaras PFF2 e cirúrgicas-triplas, que foram doadas pelo grantee do Instituto Serrapilheira, Hugo Fernandes, em parceria com a loja Grandesc. A doação tem como objetivo popularizar o uso dos tipos de máscaras, para uma maior proteção da população.

O público, empresas e torcedores dos times poderão levar suas doações até o estacionamento dos clubes participantes. Os alimentos ficarão armazenados até o dia 26 de junho, onde serão entregues paras as lideranças das favelas na Arena Castelão, de 8h às 16h.

“As pessoas sabem que estamos atravessando um momento difícil e têm se mostrado muito solidárias, mas também percebemos que essa percepção do povo aliada ao apoio dos representantes de uma paixão nacional, que é o futebol, engaja muita gente a doar, e dessa forma esperamos conseguir apoiar ainda mais as Mães da Favela que precisam. É um momento de união, não existe rivalidade entre clubes”, afirma Celso Athayde, fundador da CUFA.

Além dos times cearenses, a iniciativa já conta com a presença de clubes como São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos, Internacional, Grêmio, Flamengo, Vasco, Fluminense, Bahia, Vitória, Goiás, entre outros.  Além dos clubes, o projeto também conta com doadores master, doadores de prata e apoiadores. Assinam como parceiros master as empresas: Assaí Atacadista, Volvo Car, Carrefour Brasil, VR Benefícios, Gol Linhas Aéreas e Cab Motores que apoiam a campanha nacionalmente.

Postagens relacionadas

Font Resize